top of page
Aspargo Vela

Aspargo Vela

 

A planta conhecida como "Aspargo Vela" é comumente chamada de "Asparagus densiflorus" ou "Espargo Samambaia". É uma planta ornamental popular devido à sua folhagem delicada e aparência graciosa. Aqui está uma descrição detalhada dessa planta:

 

Descrição Geral:

Nome Comum: Aspargo Vela, Espargo Samambaia, Aspargo Rabo-de-Gato
Nome Científico: Asparagus densiflorus
Família: Asparagaceae

 

Características das Folhas:

Forma: As folhas são na verdade cladódios (caules modificados que parecem folhas) e são finas e semelhantes a agulhas.

Tamanho: As cladódios podem medir de 0,5 a 2 cm de comprimento.

Cor: De um verde vibrante, proporcionando um aspecto fresco e leve.

Textura: A folhagem é macia e plumosa, semelhante à de uma samambaia.

 

Características da Planta:

Tamanho: Pode crescer de 60 cm a 1 metro de altura, com uma extensão similar.

Caule: Os caules são delgados, flexíveis e muitas vezes arqueados, criando um efeito cascata.

Rizomas: Possui rizomas tuberosos que armazenam água e nutrientes, ajudando a planta a sobreviver a condições adversas.

 

Flores e Frutos:

  • Flores: Pequenas, brancas ou rosadas, que surgem esporadicamente. Embora as flores sejam discretas, são agradavelmente perfumadas.
  • Frutos: Após a floração, a planta pode produzir pequenas bagas vermelhas que contêm sementes.

 

Cultivo e Cuidados:

  • Luz: Prefere luz indireta brilhante, mas pode tolerar sombra parcial. Evite a luz solar direta intensa, que pode queimar as cladódios.
  • Água: Mantenha o solo úmido, mas não encharcado. Regue regularmente, permitindo que a superfície do solo seque entre as regas.
  • Solo: Necessita de solo bem drenado, rico em matéria orgânica.
  • Temperatura: Idealmente entre 15°C e 25°C. Não tolera bem temperaturas abaixo de 10°C.
  • Umidade: Aprecia alta umidade, mas pode adaptar-se a ambientes internos com umidade moderada.

 

Propagação:

A propagação é geralmente feita por divisão dos rizomas na primavera, ou por sementes.

 

Problemas Comuns:

Pragas: Pode ser afetada por cochonilhas, pulgões e ácaros.
Doenças: É relativamente resistente a doenças, mas pode sofrer com podridão radicular em solos mal drenados.

 

Usos:

Ornamentação: Popular como planta de interior e em paisagismo devido à sua folhagem decorativa e facilidade de manutenção.

Arranjos Florais: Utilizada em arranjos florais e como cobertura de solo em jardins.

 

Curiosidades:

Toxicidade: As bagas são tóxicas se ingeridas, podendo causar desconforto gastrointestinal em humanos e animais de estimação.

Resiliência: Devido aos seus rizomas tuberosos, a planta é bastante resistente à seca e pode sobreviver a períodos curtos de negligência.

WhatsApp
bottom of page